Obstipação – sintomas, causas e tratamento

Obstipação – sintomas, causas e tratamento

 

Considera-se obstipação quando existe uma dificuldade persistente em evacuar, se a evacuação obriga a grande esforço, se é necessário recorrer a manobras viscerais para ajudar a saída das fezes, se há duas ou menos evacuações por semana ou se houve uma redução recente do número de evacuações habituais. A obstipação crónica é um dos distúrbios gastrointestinais mais comuns na população em geral. Em adultos, apresenta uma prevalência média de aproximadamente 14%, com taxas que variam entre 1,9% a 40,1%. É considerado um importante problema de saúde pública, dada a dor e desconforto que gera, podendo mesmo afetar a qualidade de vida.

 

Relativamente às causas da obstipação nem sempre é fácil deteta-las, mas, as mais comuns são:

  • Má alimentação;
  • Baixa ingestão de líquidos;
  • Falta de exercício físico;
  • Algumas doenças;
  • Stress, ansiedade ou alguns medicamentos.

 

Como tratar a obstipação?

Em primeiro lugar é importante regrar os seus hábitos alimentares e aumentar a ingestão de alimentos ricos em fibras. Como? Consumindo no mínino 2 peças de fruta por dia, incluindo sopa, legumes e leguminosas (feijão, grão, ervilhas…) nas duas refeições principais e optar por cereais integrais (pão, flocos, massas…). No que diz respeito às frutas e legumes a preferir para o tratamento da obstipação estes são a laranja, a manga, ameixas, figos, kiwi, ananás, maçã com casca, pêssego, papaia, espargos, beterraba, abóbora, brócolos, alcachofras, espinafres, agriões e pepino. Para além de uma adequada ingestão de fibra, a água e a prática de atividade física são também parâmetros fundamentais para o tratamento desta patologia.

 

Em casos mais graves de obstipação pode ser necessário recorrer a laxantes, no entanto, o seu uso excessivo pode causar inflamação intestinal e pode levar à diminuição da absorção de alguns nutrientes. Além disso é sabido que quanto mais frequente for o uso de um determinado laxante, maior terá que ser a dose para que este tenha efeito, por isso mesmo, aconselhe-se sempre com o seu médico antes de proceder à sua toma.

 

O tratamento da obstipação é extremamente importante, tanto pelas implicações físicas como psicológicas. Se tem dúvidas ou dificuldade em tratar a doença, consulte um profissional de saúde, consulte um nutricionista.

 

Margarida Gonçalves, Nutricionista | Clínicas Nuno Mendes

Dê uma resposta