5 Dicas Realmente Eficazes para acabar com o Stress

5 Dicas Realmente Eficazes para acabar com o Stress

5 Dicas Realmente Eficazes para acabar com o Stress

O Stress é considerado como um dos maiores males do século XXI, pela comunidade científica. Sendo a origem de várias perturbações como o cansaço, a insónia, as palpitações e a irritabilidade, o Stress é uma das causas principais para uma saúde física e emocional débil. Existem diversos fatores no nosso quotidiano, que podem agravar as situações de stress, como as pressões profissionais, familiares e sociais bem como o consumo excessivo de informação. Contudo, existem algumas técnicas simples e eficazes para ajudar a manter a serenidade e o foco nas adversidades do dia-a-dia, e combater e acabar com o stress.

Respire profundamente

Esta técnica demora 1 minuto. Basta inspirar pelo nariz o máximo de ar possível, depois retê-lo durante alguns segundos e soltar o ar pela boca. Repetir este processo cinco vezes.

Feche os olhos

Para o corpo, ao fechar os olhos, sugere momento de relaxamento, dormir ou divagar.

Relaxamento muscular

Esta técnica permite focar a atenção em grupos musculares ao invés da situação stressante. Basicamente consiste em contrair o máximo possível, durante 5 segundos, um grupo muscular e logo de seguida relaxar. Sendo a sequência aleatória, os mais fáceis são: pés, pernas, glúteos, mãos, braços e maxilar.

Foque a sua atenção no Agora

Observar o ambiente e procurar cinco objetos que consegue observar, quatro coisas que se pode tocar e sentir a textura, a temperatura, três que se pode ouvir, duas que se pode cheirar e uma que se pode saborear.

Escreva

A escrita exerce uma dupla função, para além de tranquilizar também irá promover mudanças nas perceções do fator stressante. O segredo é desabafar para o papel: sentimentos, emoções, o que deveria ser dito, o que deveria ser feito, etc.

Estes exercícios simples auxiliam a contornar o stress, de uma forma imediata, mantendo a tranquilidade e a paz interior. No entanto, caso os sinais e sintomas se mantenham por longos períodos, o ideal é procurar ajuda profissional.

 

Mais Artigos

Para um aconselhamento personalizado entre já em contacto connosco!

Dê uma resposta